Bolsonaro assina decreto que muda regras sobre uso de armas e de munições

Na tarde desta terça-feira (7), o presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que flexibiliza as regras para registro, posse, porte e comercialização de armas e munições para colecionadores, atiradores esportivos e caçadores.

Segundo informações do site ‘G1’,  Otávio Rêgo Barros, porta-voz do governo, afirmou que a medida trata da “desburocratização do mercado de armas e munições”.

Vale lembrar que em janeiro o presidente assinou um outro decreto que tratava da posse de armas, que é a autorização para manter uma arma de fogo em casa ou no local de trabalho.

De acordo com Bolsonaro, entre as principais medidas do decreto, estão:

Permissão para o proprietário rural com posse de arma de fogo utilizar a arma em todo o perímetro da propriedade;

Quebra do monopólio da importação de armas no Brasil;

Permissão para colecionadores, atiradores desportivos e caçadores (CACs) poderem ir de casa ao local de tiro com a arma com munição;

Praças das Forças Armadas com dez anos ou mais de experiência terão direito ao porte de arma;

O direito à compra de até 50 cartuchos por ano passará para até mil cartuchos por ano.

Segundo o presidente da República, o governo foi “no limite da lei” ao editar o decreto.

 

 

Por Cláudio Millano

Site São Gonçalo News

Comentários
Loading...