Outra ex-candidata do PSL em MG diz ter recebido proposta para ser ‘laranja’

Além da candidata Zuleide Oliveira, outras quatro postulantes do PSL de Minas Gerais são investigadas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Eleitoral por suspeita de candidaturas laranjas na eleição passada. O dinheiro enviado às candidatas teria sido devolvido a assessores do ministro Marcelo Álvaro Antônio.

Adriana Maria Moreira Borges, postulante do partido a deputada federal, disse, em depoimento ao MP, ter recebido de um assessor a proposta de repasse de R$ 100 mil do fundo partidário, dos quais poderia utilizar R$ 10 mil e emitir nove cheques em branco para pagamento de despesas de outros candidatos. Ela não aceitou as condições e recebeu do partido R$ 4 mil.

Ao portal G1, Marcelo Álvaro Antônio negou as acusações. Ele esteve em Belo Horizonte, na tarde desta quinta, e disse que Zuleide Oliveira “mente descaradamente”. O ministro ainda afirmou que vai processá-la devido às declarações.

 

Fonte Metro1

Comentários
Loading...