Mais uma vez os alunos das escolas municipais de São Gonçalo, estão sem aula. De quem é a culpa??

Devido ao não cumprimento do pagamento da parcela do terço férias dos professores, por parte da atual gestão do prefeito Carlos Germano (PP), docentes fazem paralisação de 24 horas, como protesto.

A categoria acusa o prefeito Germano Araújo, por não ter pago o vencimento no mês de janeiro (mês base). Segundo a ALPB como sempre foi feito pelos ex-gestores.

CLICK E PARTICIPE DO GRUPO DO FACEBOOK DO SITE SÃO GONÇALO NEWS  

Ainda de acordo com a entidade representativa da classe dos professores, esse transtorno só está acontecendo porque houve a quebra do acordo que o Governo Municipal efetuou com o sindicado é não cumpriu. “Era para ser pago em janeiro, mais não foi, não deveríamos negociar, mas negociamos visando não trazer prejuízos aos alunos, porém o município não honrou o compromisso. Dividimos em três vezes, mesmo assim não nos pagaram”, disparou o presidente da APLB.

Segundo informações repassadas ao site SGNEWS, pelo presidente do sindicato dos professores, o professor Nilson do Carmo, a paralisação está mantida, para amanhã sexta-feira de (13) e caso não haja pagamento da segunda parcela que deveria ser paga dia 10/04, serão feitas  novas paralisações.

Ontem, quarta-feira (11) um grupo de funcionários de outras categorias ocuparam a sala da Secretaria de Planejamento do municipal, protestando porque o município não deu o reajuste salarial referente a 2018.

Por São Gonçalo News

     

 

 

Comentários
Loading...