DEPUTADOS ESTADUAIS REQUEREM CPI PARA INVESTIGAR OBRAS DA FONTE NOVA

Foi protocolado na tarde desta segunda-feira (5) na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) um pedido de instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar supostas irregularidades no contrato de parceria público-privada (PPP) da Arena Fonte Nova, em Salvador. 

Em 2016, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) considerou ilegal a negociação e apontou sobrepreço da ordem da ordem de R$ 460 milhões.

À época, o Tribunal deu 120 dias para o governo apresentar estudo de readequação econômica-financeira do contrato que foi firmado com um consórcio das construtoras OAS e Odebrecht para a construção e gerenciamento da Arena. 

O requerimento, assinado pelo líder da Oposição, Luciano Ribeiro (DEM), questiona se a Fonte Nova Participações e o Governo do Estado cumpriram as determinações contidas na decisão de 2016.

Comentários
Loading...