Bahia joga mal, passa sufoco e empata sem gols com a Juazeirense

m um jogo recheado de erros e bastante equilibrado, Bahia e Juazeirense ficaram no 0 a 0, na noite deste sábado (21), no Adauto Moraes, em Juazeiro. O Esquadrão mostrou certa superioridade durante a primeira etapa, mas não conseguiu transformar a “pressão” em gol. Já no segundo tempo, o Cancão de Fogo voltou melhor e ameaçou o time da capital em algumas situações, porém, não foi o suficiente para balançar as redes.

O próximo jogo do Tricolor será na terça-feira (20), às 21h45, contra o Altos-PI, na Arena Fonte Nova, pela Copa do Nordeste Copa do Nordeste. Pelo Baianão, o Esquadrão volta a enfrentar a Juazeirense no Domingo (25), às 16h, também na Arena, válido pelo jogo de volta da semifinal da competição.

O JOGO

Logo aos 6 minutos, o Bahia quase abre o placar em Juazeiro. Léo chegou pela esquerda, tocou para dentro da área, mas Kayke não aproveita o lance. Na sobra, Vinícius dominou na perna direita e solta uma bomba! Júnior Gaúcho, quase em cima da linha, afastou o perigo.

Aos 22, Kayke invadiu a pequena área, tentou a cavadinha, mas Tigre fez bela defesa.

Em seguida, foi à vez do Cancão de Fogo assustar. Salatiel pegou sobra de bola na grande área, bateu rasteiro e obrigou Douglas fazer grande defesa.

Aos 37, Eron ajeitou na entrada da grande área, bateu de chapa, mas o arqueiro Tricolor fez grande defesa.

O primeiro lance de perdido da segunda etapa aconteceu só aos 17 minutos. Edigar Junio dominou na entrada da área, cruzou perfeitamente para Kayke e atacante o mandou para os fundos das redes, porém, o bandeirinha já havia marcado impedimento.

FICHA TÉCNICA

Juazeirense x Bahia – Semifinal do Campeonato Baiano de 2018 (Jogo de ida)
Data e horário: Sábado, 17/03, às 18h30
Local: Adauto Moraes – Juazeiro
Árbitro: Emerson Ricardo de Almeida Andrade
Auxiliares: Elicarlos Franco de Oliveira e Paulo de Tarso Bregalda Gussen
Cartões amarelos: Capone, Deca (JUAZEIRENSE); Vinívicus, Grégore, Léo (BAHIA)

Escalação Juazeirense:
Tigre; Capone, Alyson (Emílio), Eron e Deca; Vaguinho e Junior Gaúcho; Jussimar, Bruno e Rayllan; Salatiel. Técnico: Luiz Antônio Zaluar

Escalação Bahia:
Douglas; Nino, Lucas Fonseca, Tiago e Léo; Grégore; Vinícius, Zé Rafael, Marco Antônio (Elton), e Edigar Junio; Kayke. Técnico: Guto Ferreira.

Comentários
Loading...